Investigadora do IGC recebe prestigiante bolsa da EMBO

0
695
Guiomar Martín, investigadora pós-doutorada do Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC), recebeu uma EMBO Long-Term Fellowship, uma das mais prestigiantes e competitivas bolsas de investigação científica atribuídas anualmente pela Organização Europeia de Biologia Molecular (EMBO, na sigla em inglês).
A trabalhar desde novembro no grupo de Biologia Molecular de Plantas liderado por Paula Duque, Giomar Martín procura compreender como é que as plantas adaptam o seu crescimento a diferentes estímulos ambientais. “Em particular, estamos a estudar o papel de moléculas que regulam um mecanismo celular que permite fabricar diferentes proteínas, a partir da mesma informação codificada no DNA. Este mecanismo depende de como as moléculas de RNA, que se formam após um gene ser ativado para produzir proteína, são processadas antes de originarem proteínas. Diferentes estímulos ambientais podem influenciar este processamento do RNA, resultando em diferentes proteínas e alterando o crescimento das plantas”, explica a investigadora. Motivada com esta conquista, a jovem cientista destaca que “a mais valia de todas as oportunidades científicas oferecidas com esta bolsa é enorme e será um desafio e um privilégio poder adquirir mais conhecimentos na área da biologia do RNA, no laboratório de Paula Duque.”
As bolsas conferidas pela Organização Europeia de Biologia Molecular (EMBO) apoiam a deslocação de investigadores para outro laboratório na Europa, por um período de dois anos. Giomar Martín realizou o doutoramento no Centre for Research in Agricultural Genomics (CRAG), em Barcelona, antes de se mudar para o laboratório de Paula Duque, no IGC. Esta é a sétima vez que investigadores do IGC recebem uma EMBO Long Term Fellowship.